quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Asteroide Passa Perto da Terra e Mais Cinco Estão a Caminho

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada ontem (27/01) no site “Inovação Tecnológica” destacando que como já havíamos anunciado um asteroide passou perto da Terra na última segunda-feira e mais cinco estão a caminho.

Duda Falcão

PLANTÃO

Asteroide Passa Perto da Terra;
Mais Cinco a Caminho

Com informações da AEB e NASA
27/01/2015

[Imagem: NASA]
A próxima grande aproximação conhecida até agora
acontecerá em 2027, quando o asteroide 1999AN10
passará a 390.000 km da Terra (1,015 LD).

O escritório de monitoramento de meteoros da NASA anunciou que o asteroide 2004BL86, que passou muito perto da Terra nesta segunda-feira, tem uma lua.

Os primeiros dados vêm de observações feitas por radar, mas espera-se mais detalhes capturados pelo telescópio Hubble, que também foi direcionado para observar o pedregulho espacial.

O 2004BL86 passou a 3,1 Distâncias Lunares (DL) da Terra - uma DL equivale a 384.401 km, a distância entre a Terra e a Lua. Esta foi a primeira vez que um corpo celeste de grandes proporções foi acompanhado passando tão próximo do nosso planeta.

Em 2011, o pequeno 2011CQ1 bateu o recorde de aproximação da Terra, passando a meros 5.480 quilômetros da superfície do planeta (0,014 LD).

Asteroides a Caminho

Mas o sistema de monitoramento continua, e janeiro e fevereiro têm a agenda cheia para a passagem de asteroides.

Na quarta-feira (29) e no sábado (31) mais dois asteroides se aproximam do nosso planeta, o 2015BE92 e o 2008CQ, que passarão a distâncias de 3,2 LD e 4,8 LD, respectivamente.

Em fevereiro, três outros asteroides vão passar perto de nós. O maior deles, o 2000EE14, com 1,6 km de diâmetro, passará a uma distância de 72,5 LD.

A próxima grande aproximação conhecida até agora acontecerá em 2027, quando o asteroide 1999AN10 passará a 390.000 km da Terra (1,015 LD).

Asteroide Com Lua

As imagens feitas pela NASA mostram que o asteroide 2004BL86, que passou ontem, é menor do que se esperava, com 325 metros de diâmetro. Sua lua tem cerca de 70 metros de diâmetro.

A informação de um asteroide com lua não chega a surpreender, segundo a NASA, porque 16% dos asteroides maiores do que 200 metros têm uma lua ou são binários, havendo também casos mais raros de sistemas triplos. Em 2013, o 1998QE2 também passou por aqui com sua lua.

Com sua órbita agora bem definida, os cálculos indicam que esta foi a maior aproximação do 2004BL86 em relação à Terra em muito tempo - nos próximos 200 anos ele passará mais longe do que isso.


Fonte: Site Inovação Tecnológica - http://www.inovacaotecnologica.com.br/

Comentário: Pois é leitor, eu espero mesmo que as discussões atualmente em curso no mundo (a ONU deveria participar e levar este assunto muito a sério) estejam avançando significamente, rapidamente, e efetivamente. Tudo na vida tem limite, até mesmo a sorte que em algum momento acaba. Parece até que a Natureza está avisando a quem neste planeta pode fazer algo. Moro numa cidade costeira de 3 milhões de habitantes que, num eventual tsunami causado por um asteroide de grandes proporções que caísse no Atlântico Sul, seria literalmente varrida do Mapa, mas enfim... é como eu venho dizendo, ou a sociedade humana amadurece ou pagará um alto preço por isto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário