quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Clube de Astronomia de Campos Desenvolve Cubesat

Olá leitor!

Com pouco ou nenhum conhecimento do público brasileiro, o inquietante e inovador “Clube de Astronomia Louis Cruls” da cidade de Campos dos Goytacazes (RJ) está desenvolvendo desde o primeiro semestre do ano passado o primeiro satélite brasileiro construído pela iniciativa privada com tecnologia romena, apoio de uma empresa canadense e também da Agência Espacial Brasileira (AEB) e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), onde o satélite será testado nos laboratórios o LIT.

Fotos: Blog do Julio

Na realidade trata-se de um nanosatélite em formato de cubo (cubesat), com 10 cm de aresta e o peso inferior a 10 quilos. O objetivo do satélite será orbitar a Terra a 600 quilômetros de altura, e assim enviar dados de variação de pressão e temperatura, além de informações sobre a cidade de Campos, informações estas que poderão ser captadas também por radioamadores de todo o mundo.

Segundo o foi divulgado em março do ano passado pelo Blog do Julio, o Grupo de Campos (formado por seis pesquisadores coordenados pelo físico Marcelo Oliveira) tinha a previsão de lançar este satélite em junho de 2014 através de um foguete indiano, coisa que evidentemente não ocorreu, e não temos ainda informação de quando isto ocorrerá.

“A área espacial é prioritária para qualquer nação. Precisamos ter pessoas capacitadas aqui. E os nanossatélites são estratégicos para incentivar os estudantes a investir nessa área. Será uma maneira de estarmos na vanguarda da pesquisa. E, quem sabe, esta não é a porta de entrada para termos um polo aeroespacial aqui na região? O país precisa disso”, disse o físico Marcelo Oliveira ao Blog do Julio.


Vale lembrar leitor que o Clube de Astronomia Louis Cruls desde que foi fundado em 1996, vem acumulando façanhas na área astronômica (foi responsável pela descoberta de um asteroide), bem como realizado eventos astronômicos com a participação de diversos astronautas de todo o mundo e entre eles o Edwin “Buzz” Aldrin, o segundo homem a pisar na Lua. A estratégia do clube desde sua fundação tem sido tirar a ciência dos laboratórios, levando-a para às ruas e para às escolas, e para tanto conta com um planetário móvel. Anualmente o clube promove em Campos o “Encontro Internacional de Astronomia e Astronáutica (EIAA)”, cuja oitava edição deverá ser realizada este ano.

O Blog BRAZILIAN SPACE é um dos entusiastas das atividades deste clube coordenado pelo Prof. Marcelo Oliveira, e da Bahia enviamos nossos sinceros votos de sucesso nesta nova iniciativa do Clube, bem como também para a edição de 2015 do EIAA.

Duda Falcão

Nenhum comentário:

Postar um comentário