sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Com o Pé Direito

Olá leitor!

Enquanto o PEB da “Ogra” continua patinando nos discursos coniventes de seu incompetente e fiel escudeiro, objetivos com impacto menor junto a Sociedade Brasileira (se compararmos com a realização do lançamento do VLS-1) darão início às atividades espaciais do país no ano de 2015 no próximo mês de fevereiro.

Inicialmente como divulgado pela própria AEB, dia 05/02 (quinta-feira) finalmente o Cubesat AESP-14 do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) deverá ser lançado ao espaço da Estação Espacial Internacional (ISS na sigla em inglês) através do dispositivo de lançamento japonês "JEM Small Satellite Orbital Deployer (J-SSOD)".

Vale lembrar também que, se a previsão feita pela Swedish Space Corporation (SSC) se concretizar, em algum momento do mês de fevereiro, um foguete VSB-30 tendo abordo  um experimento da Agência Espacial Francesa (CNES), chamado de “Cryofenix”, deverá ser lançado da Base de Esrange, na Suécia, durante a realização das atividades da  “Operação Cryofenix”.

Para completar, se for confirmado o tempo de vigência do contrato assinado entre a AEB e a empresa CENIC em 16/04/2014 (veja aqui), nos próximos dias de fevereiro deverá ser iniciada no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), em Parnamirim-RN,  o que talvez seja a mais expressiva missão espacial brasileira no ano de 2015, já que qualquer atividade no âmbito do Projeto VLS tem pouquíssimas chances (quase nulas) de ser realizada ainda este ano se persistir a atual política de boicote do governo da “Ogra”.

Trata-se das atividades da “Operação São Lourenço” que tem como missão lançar ao espaço em um voo suborbital tecnológico a primeira cápsula espacial brasileira não tripulada para experimentos em ambiente de microgravidade, ou seja, a “SARA Suborbital I”.

Vale lembrar que para este primeiro voo tecnólogo do SARA (são quatro planejados, sendo dois orbitais) será usado uma nova versão do antigo foguete VS-40, este denominado de VS-40M, o qual já foi testado em voo exitosamente durante as atividades da “OperaçãoSHEFEX II” em 22/06/2012 da Base de Andoya, na Noruega. Está será a quarta vez que este foguete voará desde que foi desenvolvido, sendo a terceira vez que será lançado do território brasileiro.

O saudoso Dr. Paulo Morais Jr.
Vale salientar que o primeiro voo do SARA vem consolidar o sonho do idealizador do projeto (o saudoso Dr. Paulo Morais Jr., falecido no ano passado), mas que infelizmente não está mais entre nós para saborear este momento tão significativo da Astronáutica Brasileira.

Pois é leitor, é isso aí e vamos ficar na expectativa para que essas missões realmente possam acontecer em fevereiro e de forma exitosa e assim começar o ano com o pé direito.

Duda Falcão

Nenhum comentário:

Postar um comentário