terça-feira, 18 de abril de 2017

Estudantes do Ensino Médio de Escola de Brasília Conhecem o Programa Espacial Brasileiro

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (18/04) no site da Agência Espacial Brasileira (AEB) destacando que estudantes do ensino médio de escola de Brasília conhecem o Programa Espacial Brasileiro.

Duda Falcão

Estudantes do Ensino Médio Conhecem
o Programa Espacial Brasileiro

Mayara Oliveira
Coordenação de Comunicação Social – CCS
18/04/2017


Estudantes do 1º ano do ensino médio, da Escola Franciscana Nossa Senhora de Fátima, localizada na 906 Sul, participaram na manhã de segunda-feira (17/04), de uma palestra sobre o Programa Espacial Brasileiro. O encontro aconteceu no Planetário de Brasília, e foi conduzido por Pedro Kaled, mestre em Ciências Mecânicas e tecnologista da Agência Espacial Brasileira (AEB).

Kaled falou para 30 alunos sobre a exploração no planeta Marte, na lua e em estações espaciais, assuntos que fascinam e inspiram muitos alunos a fazerem a escolha profissional. Diante de tantas novidades, alguns deles saíram da palestra convictos da escolha profissional.

Kaled falou também de sua experiência profissional e da contribuição para o desenvolvimento de dois satélites brasileiros: o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), que tem como missão levar internet banda larga para todo o país e garantir comunicação segura ao governo brasileiro, e o Sistema Espacial para Realização de Pesquisas e Experimentos com Nanossatélites (Serpens), nanossatélite que, enquanto esteve em órbita, coletou dados ambientais em uma plataforma de baixo custo desenvolvida com a participação de estudantes brasileiros.

Ao final da palestra Kaled — que sempre gostou do espaço sideral e hoje atua na área — aconselhou os alunos a absorverem o máximo de informações para criar e produzir a partir do conhecimento. “Independentemente do curso que vocês escolherem, busquem ser os melhores, sejam excelentes no que fazem, o Brasil precisa disso”, lembrou.

Conhecimento – Para o professor e orientador educacional da Escola Franciscana, Carlos de Sousa Maia, a palestra foi uma ótima oportunidade para inspirar os alunos a escolher o que cursar no ensino superior. “Espero que eles saiam daqui com sede pelo conhecimento. Acredito que, a partir de agora, eles possam olhar para o céu e ver mais do que estrelas para ter esperança e expectativa de um futuro melhor a partir do estudo”, disse.

O bate-papo também foi interessante para os alunos, como foi o caso do estudante Gabriel Brasil, de 15 anos. Ele contou que se sentiu inspirado e que gostou bastante do momento em que Kaled falou sobre as explorações em Marte. “Eu penso em cursar Biologia e o que ele falou me incentivou muito a fazer o que quero. Me incentivou a ser o melhor”, explicou.

Já para o estudante Luís Felipe, de 15 anos, a conversa também serviu de estímulo para a vida profissional. “Assim como o Kaled, gosto do espaço sideral e quero cursar Engenharia. Hoje eu saio daqui determinado quanto a minha vida acadêmica e profissional”, afirmou.



Fonte: Site da Agência Espacial Brasileira (AEB)

Nenhum comentário:

Postar um comentário