quinta-feira, 6 de julho de 2017

Grupo ZENITH Divulga Álbum Com Fotos do Evento da Missão Garatéa-E

Olá leitor!

No dia 03/07 o “Grupo ZENITH”, da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC-USP), divulgou em sua pagina oficial um álbum com 34 fotos do evento realizado no do último dia 24/06 que culminou com o lançamento exitoso da sonda estratosférica do projeto piloto da “Missão Garatéa-E”. (acesse o álbum aqui)

Segundo a nota que acompanha o álbum, o evento contou com a participação de nove escolas do país que compareceram ao “Campus II da USP de São Carlos”, e lá puderam conhecer os hangares da Engenharia Aeronáutica EESC - USP e assistir palestras feitas pelo Eng. Lucas Fonseca da satartup brasileira Airvantis e Gustavo Rojas.

Além disso, integrantes do Grupo  TOPUS Pesquisas Aeroespaciais da EESSC-USP realizaram um teste de foguete e, juntamente com os integrantes das equipes Warthog RoboticsEESC USP AerodesignClube de Astronomia do IFSC - USP e o Núcleo de Pesquisa em Astrobiologia foi realizado para os alunos presentes uma exposição de alguns trabalhos extracurriculares dessas equipes da USP.

Já a “Sonda Garatéa-E” com todos os SATs das escolas participantes foi então levada até o evento, e após ser apresentada aos alunos, foi direto para o Aeroclube de Itápolis-SP, de onde então foi realizado o seu lançamento.

O Blog BRAZILIAN SPACE gostaria nesse momento de parabenizar essa galerinha do Grupo ZENITH por esta iniciativa exemplar, fruto inicialmente de uma decisão “digamos bastante arriscada” de um jovem engenheiro empreendedor que poucos anos atrás deixou um emprego confortável, seguro e promissor em uma das maiores agencias espaciais do mundo (DLR – Agencia Aeroespacial Alemã)  para se aventurar no Brasil (seu país de origem), onde ao chegar ao lado de um outro engenheiro (também brasileiro) que trabalhava na Agencia Espacial Francesa (CNES), resolveram criar a startup espacial AIRVANTIS e posteriormente um deles (o Eng. Lucas Fonseca), optou no inicio de em 2013 em atuar como professor na EESC- USP e criar um projeto de um nanosatélite (CubeSat) junto aos alunos do terceiro ano, iniciativa que que acabou se transformando na “Missão Lunar Garatéa-L” e posteriormente nessas iniciativas educacionais agora em curso.

Duda Falcão

Nenhum comentário:

Postar um comentário